5 dicas de empreendedorismo importantes para o mercado de arquitetura

5 dicas de empreendedorismo importantes para o mercado de arquitetura

O mercado de arquitetura é bastante dinâmico, e o profissional dessa área precisa estar antenado à todas as novidades que surgem diariamente para ficar não ficar para trás.

Para os que optam pelo empreendedorismo, o desafio é ainda maior: além de todo o conhecimento técnico, é necessário ainda estudar sobre os aspectos do negócio para conseguir criar uma empresa que seja saudável e duradoura.

Neste artigo, reunimos 5 dicas de empreendedorismo fundamentais para o mercado de arquitetura. Confira!

1. Defina o seu público

Uma das primeiras coisas que qualquer empresário deve fazer ao iniciar um negócio é definir para quem pretende vender os produtos ou serviços. O mercado de arquitetura é vasto e é muito importante que, desde cedo, seja definido um nicho para a sua atuação.

Você pode escolher um público com quem você tenha mais afinidade ou uma área que esteja sendo mal explorada na sua região, por exemplo. O importante é especializar-se em algum assunto e tornar-se referência nele.

2. Atente-se às finanças

Gerir um negócio requer, além de muito trabalho, muita disciplina. A área das finanças é onde você precisa estar mais atento para não perder o controle e deixar que um pequeno problema torne-se um problemão. Separe as contas empresariais das duas contas pessoais e acostume-se a anotar tudo em uma planilha ou sistema financeiro.

Outro ponto importante para qualquer empresa é manter os custos fixos baixos. Cuidado ao assumir compromissos com alugueis de salas e funcionários e tenha certeza que tudo o que está sendo pago é realmente necessário para aquele momento do negócio.

3. Estude vendas

Infelizmente, esse é um assunto que não é ensinado nas faculdades de arquitetura, mas que faz muita falta para aqueles que estão investindo no próprio negócio. Organize o seu processo de vendas em um software CRM e monitore todos os orçamentos que foram solicitados.

Defina prazos máximos para cada etapa e faça retornos com os clientes que entraram em contato com você. Também é importante monitorar as suas métricas de vendas e entender o motivo de perda de negócios.

4. Crie relacionamentos

No mercado de arquitetura, criar relacionamentos é fundamental e pode poupá-lo de gastar muito dinheiro com marketing.

Atenda muito bem os seus clientes e enxergue-os sempre como potenciais indicadores para futuros negócios. Além dos clientes, mantenha um bom relacionamento com os seus fornecedores, já que eles também conversam com muita gente e podem ser uma fonte regular de publicidade boca a boa para o seu negócio.

Seja simpático, ouça mais do que fale e faça a gestão correta desses relacionamentos, estando presente em datas importantes e mantendo a sua marca viva na cabeça das pessoas.

5. Invista na sua marca

Criar uma marca forte é o sonho de qualquer empresário. Para isso, porém, é preciso investir nela desde cedo.

Contrate uma agência para criar a identidade visual (esse serviço não é tão caro quanto você pode pensar) e utilize a sua marca sempre que possível: desde a apresentação do orçamento até as plantas entregues para os clientes. Estar presente na internet hoje em dia também é fundamental para a construção de uma marca junto ao seu público.

Gostou desse post e quer receber mais dicas de empreendedorismo para o mercado de arquitetura? Assine a nossa newsletter e não perca nenhuma novidade que compartilhamos aqui no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This