4 dicas infalíveis para a apresentação de um projeto arquitetônico

Estar por dentro de todas as tendências do mercado A&D não basta. Fazer uma boa apresentação de um projeto arquitetônico também conta muito na hora de convencer os clientes. Afinal, ninguém vai confiar em um arquiteto que não esclarece as dúvidas da clientela ou desconhece os detalhes de cada proposta.

Portanto, é preciso ser claro, objetivo e, sobretudo, atencioso. Isso dá mais credibilidade para o profissional, fazendo com que o público se identifique mais facilmente com o serviço oferecido. Pensando nisso, fizemos este post com 4 dicas infalíveis para você não errar nesse momento. Vamos lá!

1. Seja simples e direto

Antes de tudo, tenha clareza nas suas palavras. Se você rodear demais o assunto, sem ir direto ao ponto, as pessoas podem achar que estão sendo “enroladas”. Por isso, nunca seja prolixo. Seja simples e direto para apresentar propostas eficientes e condizentes com aquilo que o consumidor realmente busca.

Organize suas ideias em uma sequência lógica: começo, meio e fim da apresentação do projeto arquitetônico, focando nas soluções que o cliente quer ouvir. Ele não quer saber de “blablabá”, mas, sim, de como o arquiteto vai resolver os problemas em questão. Fuja também dos termos técnicos. Substitua tais expressões por outras que serão de fácil entendimento para quem está contratando o serviço.

2. Explore os detalhes

Ser simples e direto não significa se esquecer dos detalhes. Muitas vezes, detalhar um projeto é simplesmente fazer o que já dissemos no tópico anterior: propor soluções viáveis para as dores do seu cliente, mostrando todas as funcionalidades do projeto e daquela composição.

Por exemplo: se ele está com receio de que o piso das áreas úmidas fique escorregadio, apresente a ele os modelos antiderrapantes. Se ele está em dúvida quanto à metragem de determinada área, foque nas soluções para otimização do espaço. E assim por diante, pois a clientela precisa sentir confiança em todas as sugestões e escolhas do arquiteto.

3. Utilize o apelo visual e a tecnologia a seu favor

Quando o assunto é apresentação de projeto arquitetônico, não há como fugir das imagens, já que elas têm um apelo visual enorme, sobretudo, nesse caso. Até porque os clientes não vão confiar nas soluções propostas se você não tiver imagens para comprovar que, de fato, a funcionalidade e o design da instalação compensam o investimento, não é mesmo?

Portanto, tenha sempre em mãos seus catálogos e portfólio atualizados com seus melhores projetos, mesmo que virtualmente. Inclusive, nesse sentido, a tecnologia também ajuda bastante. Existem vários softwares de arquitetura ótimos para apresentar seu trabalho a partir de amostras detalhadas de cada projeto, tudo ao alcance de um único clique.

4. Esclareça todas as dúvidas

Essa dica parece óbvia, mas é sempre bom reforçá-la. Isso porque, involuntariamente, no momento da apresentação do projeto, o arquiteto pode achar banal a dúvida do cliente, deixando-a passar despercebida. Tenha muito cuidado para que isso não aconteça, pois atrapalha a sua imagem profissional.

Lembre-se de que, se o consumidor está perguntando, é porque, de fato, ele não compreendeu a solução proposta. E aí, por mais simples que seja a dúvida do contratante, é preciso esclarecê-la para que ele se sinta confortável para fechar o projeto. Ser atencioso é um hábito simples, mas com um enorme poder de aproximar os clientes. Pense nisso!

Agora que você já conhece as principais dicas para acertar em cheio na apresentação de um projeto arquitetônico, é só colocar os ensinamentos em prática. Para ampliar ainda mais as suas habilidades profissionais, aproveite e leia também nosso post sobre como desenvolver um escritório funcional!

 

GUIA PARA ARQUITETOS: Entenda como atrair e fidelizar mais clientes.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This