Como usar o contraste de cores na decoração

Como usar o contraste de cores na decoração?

Não dá para falar sobre decoração de ambientes sem falar sobre as cores. Elas são capazes de dizer muito sobre a personalidade de cada pessoa e, também, responsáveis por dar o tom a um determinado lugar — que pode ser de tranquilidade, de energia ou de aconchego.

Há quem tenha preferência por tons neutros e básicos, como o branco, o off-white e o cinza, e consegue investir nesse estilo de decoração na casa toda. Por mais que essa escolha seja comum nas residências brasileiras, existem também aquelas pessoas que sentem falta de cores mais fortes e se determinam a buscar esse caminho — deixando o lar, definitivamente, mais cheio de originalidade.

Se você se identifica com este caso, mas ainda não sabe como investir em cores na decoração da sua casa, não se preocupe! Estamos aqui para ajudar. Continue a leitura e entenda como fazer o contraste de cores da melhor maneira!

Usando a escala cromática para combinar cores

Compreender o funcionamento das cores é superimportante e, para isso, o primeiro passo é conhecer o círculo cromático e saber utilizar todas as suas melhores funções. A escala cromática nada mais é do que a representação da escala de cores vista pelo olho humano.

Criada por Isaac Newton, ela é muito utilizada no design, nas artes e em todas as atividades que envolvem competências visuais. A seguir, acompanhe os melhores truques para fazer um bom uso do círculo cromático e investir em cores na decoração!

Cores adjacentes

As combinações de cores adjacentes são as mais certeiras. No círculo cromático, os tons adjacentes são aqueles que estão lado a lado: azul e verde, amarelo e laranja, rosa e roxo… Impossível errar! Contudo, ao apostar na combinação desses tons de cores na decoração, o ambiente pode acabar ficando carregado demais.

Cores complementares

Já as cores complementares são aquelas que estão em lados opostos no círculo cromático. Juntas, se completam e resultam numa combinação muito harmônica e agradável. Elas se dão muito bem quando usadas em conjunto num mesmo espaço. Bons exemplos de combinações de cores complementares são azul e laranja, lilás e amarelo e vermelho e verde.

Valorizando os ambientes com cores na decoração

As cores valorizam qualquer cômodo — afinal, elas dão vida e, como já contamos, ajudam a definir o clima de um ambiente. Numa sala de jantar, por exemplo, investir na presença do laranja é uma estratégia interessante: essa cor estimula a comunicação, e nada melhor do que apreciar uma saborosa refeição junto com uma boa conversa, não é mesmo?

Nos quartos, usar o lilás ajuda a acalmar e, assim, esses cômodos ficarão ainda mais propícios para o descanso. Uma boa forma de começar a investir em cores na decoração é apostar em móveis coloridos e, só depois, considerar colocar tons fortes nas paredes. Dessa maneira, você terá segurança para testar e experimentar.

E aí, gostou de conhecer nossas dicas para apostar no uso de cores na decoração? Já está planejando como vai aplicar todas essas estratégias na sua casa? Para continuar por dentro de conteúdos exclusivos como este e deixar seu lar sempre cheio de cor e personalidade, curta nossa página no Facebook! Até a próxima!

 

[eBook] DECORANDO A CASA NOVA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This