Confira 3 tipos de carpete e aprenda a escolher o ideal para sua casa!

Poucos elementos decorativos trazem tanto impacto visual (e, ao mesmo tempo, funcional, não só agregando valor, como diminuindo ruídos) quanto um carpete. O revestimento do piso é uma das principais escolhas em projetos de construção ou de reforma, por isso, a melhor alternativa precisa ser analisada com cautela.

Porém, diante de tantos tipos de carpete diferentes, como escolher o ideal para a sua casa? Conheça as diferenças, as principais características e as vantagens dos tipos de carpete a partir da leitura deste post!

Conheça os diferentes tipos de carpete e seus materiais

Conhecer os diferentes tipos de carpete é uma etapa importante, afinal, é preciso levar em consideração suas necessidades específicas, que podem ser atendidas ou não pelo material do carpete escolhido — por exemplo, se você tem crianças ou bichos de estimação em casa, se deseja maior isolamento térmico, se a higienização é o que mais o preocupa, entre outros aspectos. Veja os principais materiais em que são feitos os carpetes:

1. Carpete de nylon

Os carpetes de nylon são feitos em fibras e são considerados mais práticos. Isso porque não absorvem tanta sujeira e são de fácil higienização, além de serem resistentes ao mofo e ao desgaste do tempo.

É um dos tipos de carpete recomendados para todo tipo de espaço, até mesmo sob móveis mais pesados e em locais com grande circulação de pessoas (como escadas e corredores). Outra de suas vantagens é a grande oferta de cores no mercado, uma vez que o nylon pode ser tingido em diversas tonalidades.

2. Carpete de polipropileno

Se existir a possibilidade de aparecerem manchas no carpete, o tipo ideal a ser escolhido é o carpete de polipropileno. Por essa razão, costuma ser uma escolha muito presente nos quartos infantis e corredores. Sua manutenção e a remoção de eventuais manchas são tarefas mais fáceis.

3. Carpete de poliéster

O carpete de poliéster tem propriedades antialérgicas, é macio e ecológico. É mais indicado para ambientes com pouca circulação de pessoas. Seu tipo de revestimento, no entanto, pode dificultar a remoção de um problema bastante incômodo: o mofo.

Saiba como manter o seu carpete

A manutenção do carpete deve ser preventiva, ou seja, antes de os problemas acontecerem. Uma limpeza profissional pode ser planejada anualmente, mas você pode limpá-lo frequentemente com a ajuda de um aspirador de pó.

Se líquidos forem derramados sobre o material, o ideal é absorvê-los com um pano limpo e de cor clara. A solução de vinagre branco com água morna pode ser utilizada na remoção de manchas.

Veja como escolher o carpete ideal de acordo com o ambiente

A escolha do carpete pode variar de acordo com o ambiente ou cômodo em que será aproveitado. Possivelmente, o mesmo carpete escolhido para a sala pode não cair bem no seu quarto, por exemplo. Pensando nisso, seguem algumas dicas que facilitam essa escolha:

Cores neutras trazem sofisticação

Para ambientes mais sofisticados, como a sala de estar, o mais indicado é escolher um carpete em cores neutras. Servem o branco, bege, cinza ou mesmo o preto (que transmite elegância).

Opções antialérgicas para quartos infantis

As crianças têm maior tendência a desenvolver alergias. Nesse cenário, a escolha de um carpete antialérgico pode ser a melhor opção para o quarto dos pequenos.

Carpetes macios para os quartos

O quarto é um lugar de conforto e relaxamento. Por isso, é válido pensar em tipos de carpetes mais macios, que acomodem os pés para serem instalados nos quartos. O resultado certamente será muito aconchegante.

Se você tinha dúvidas sobre como decorar a sua residência, agora, ficou bem mais fácil escolher o tipo de carpete ideal, certo? Entre em contato com a GrupoFort Decoração para conhecer as nossas soluções e escolher o seu carpete.

Reforma do Lar: Guia para a escolha do piso perfeito para cada ambient

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This