conhecaas5melhoresdicasdeemailmarketingparaarquitetos

Conheça as 5 melhores dicas de e-mail marketing para arquitetos

O e-mail marketing para arquitetos é uma ferramenta adequada para conseguir bons resultados no marketing digital. Em primeiro lugar, é uma ótima forma de estabelecer uma comunicação próxima e sem intermediários. Desse jeito, a fidelização é favorecida.

Além de tudo, é uma possibilidade mais barata que a mídia tradicional e que é muito versátil. O arquiteto pode usar para divulgar dicas, fazer ofertas e promoções ou mesmo manter o relacionamento. Para ter sucesso, é fundamental saber como agir.

A seguir, veja 5 orientações essenciais de e-mail marketing para arquitetos!

1. Crie títulos atraentes

Não adianta criar um e-mail perfeito, repleto de novidades ou com ótimas ofertas se ele vai direto para a lixeira. É preciso despertar o interesse de quem recebe a mensagem, o que significa elaborar títulos que chamem a atenção.

Invista em linhas curtas e que deixem a pessoa com curiosidade de saber do que se trata. Isso aumenta a taxa de abertura e garante melhor desempenho. Também é interessante usar recursos de automação e que chamem o contato pelo nome, logo de cara, pois é algo que atrai a atenção.

Apenas tome cuidado com palavras como “grátis”, “imperdível” e “única oportunidade”, entre outros. Além de serem termos muito comerciais, podem ser lidos como spam pelo provedor.

2. Escreva um conteúdo de qualidade

Criar uma fachada bonita é importante, mas o conforto e a utilidade estão na parte de dentro do imóvel, certo? Com o e-mail, é a mesma coisa. O título atrai, mas é o conteúdo que convence e atende a uma demanda específica da pessoa.

Por isso, capriche em criar um conteúdo original e atraente. Tenha o cuidado de escrever frases menores, diretas ao ponto e que não sejam muito “engessadas”. Lembre-se, ainda, que muita gente lê e-mails no celular, então é preciso garantir uma boa experiência.

Na mensagem, você pode apresentar artigos interessantes, novidades, últimos projetos, ofertas e tirar dúvidas. Tudo isso agrega valor para quem recebe e melhora a imagem da sua atuação profissional.

3. Utilize a mesma linguagem do público-alvo

Para que a comunicação seja eficiente, também é preciso tomar cuidado com a linguagem. Nesse caso, aposte em falar a língua do seu interlocutor.

Se você pretende conversar com leigos, evite muitos termos técnicos. Se a abordagem é corporativa, lembre-se de ter uma visão voltada para negócios e, portanto, uma atuação formal. Para jovens, uma proposta informal funciona. Apenas não se esqueça de transmitir autoridade no que você fala.

4. Pesquise os melhores dias e horários

Antes de disparar uma campanha para dezenas ou centenas de e-mails, saiba qual é o momento ideal. Ninguém quer receber uma notificação de manhã no final de semana ou na hora de dormir se não for realmente importante.

Para acertar, prefira enviar mensagens durante a semana e em um horário comercial. No entanto, tudo depende do seu público. Há ferramentas que ajudam a identificar exatamente quando um contato está na caixa de entrada, além de ser possível observar os dados para conhecer o comportamento.

5. Acompanhe os resultados

Por falar nisso, depois de fazer o envio é essencial verificar como tem sido a performance dos seus e-mails. Cheque informações como a taxa de abertura, a taxa de cliques e até os contatos gerados em cada mensagem.

Quanto mais você estudar essas estatísticas, mais vai saber o que é considerado ideal pelo público. De posse desses conhecimentos, faça as otimizações necessárias para conseguir uma efetividade ainda maior na comunicação.

O e-mail marketing para arquitetos é uma ótima forma de se manter por perto de clientes e oportunidades em potencial. Com essas dicas, os resultados serão cada vez melhores.

Para acertar em cheio na sua atuação na arquitetura, curta a nossa página no Facebook e esteja sempre por dentro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This