coresfortescomousalasnadecoracaodaminhacasa

Cores fortes: como usá-las na decoração da minha casa?

É um equívoco pensar que apenas as cores claras e neutras são capazes de conferir elegância e modernidade aos ambientes. As cores fortes estão em alta e atribuem muita personalidade ao local, além de estimular uma atmosfera contemporânea para a decoração.

Para que tudo fique harmônico, vale a pena dar atenção a algumas sugestões interessantes, que vão ajudar a usar colorações mais chamativas sem estragar todo o projeto de decoração. Continue a leitura deste post e saiba mais sobre o assunto!

Entenda a proposta das cores e saiba onde usar cada uma

Escolher as cores é um momento fundamental em qualquer projeto de decoração. Afinal, cada tonalidade exibe uma propriedade e a capacidade de despertar certas sensações nas pessoas. Por isso, é importante respeitar a proposta de cada uma e aplicar bem o conjunto cromático que for selecionado para os ambientes.

Quartos são locais de descanso. Portanto, aposte em cores como azul e lavanda, que geram uma sensação de relaxamento. O amarelo estimula processos criativos, por isso é interessante utilizá-lo em locais de estudo.

Já o laranja é uma cor que gera energia. Nesse caso, é ideal para a área da churrasqueira, por exemplo. Existem diversos estudos em cromoterapia e psicologia da cor que merecem atenção na hora de escolher as cores ideais para cada ambiente, e você pode pedir a ajuda da empresa ou do grupo de decoração com o qual está trabalhando para trocar ideias a respeito.

Não cometa exageros com as cores fortes

Com a grande variedade de tonalidades, pode ser tentador usar muitas cores fortes em um único cômodo. Entretanto, fazer isso gera desconforto visual e fadiga — principalmente no longo prazo.

Para não errar, escolha uma única cor vibrante e mescle com outras tonalidades neutras, sem variar muito nas tonalidades. Vale lembrar de escolher apenas alguns pontos estratégicos para aplicar a tonalidade. A ideia é dar um toque de cor ao ambiente, com estilo e elegância.

Considere o tamanho do local para aplicar os tons mais intensos

Cores mais escuras tendem a diminuir visualmente os espaços. Por isso, se o seu cômodo já for pequeno, escolha uma área menor para receber a nova coloração.

Existe uma distinção importante entre a cor escura e a cor forte que pesa no uso decorativo. A primeira se refere à tonalidade, e a segunda à intensidade. Portanto, no caso de ambientes pequenos, vale optar por cores fortes e abertas, como o amarelo gema.

Vale ainda investir em paredes neutras, com móveis ou tapetes coloridos. Experimente o vermelho ou o azul celeste, mas lembre-se de respeitar a proposta de cada tonalidade.

Aposte em texturas e desenhos para as paredes

Se você tem um gosto criativo e descontraído, pode experimentar produções artísticas como grafites ou padrões geométricos. Nos quartos infantis, pode ser uma ótima ideia pintar personagens de filmes e criar cenários temáticos nas paredes, como uma floresta ou o espaço sideral, entre tantos outros temas.

Se a sua sala é ampla, é possível ocupar uma parede inteira com um grafite colorido de algum artista de rua ou alguma arte criada especificamente para aquele ambiente. Nos quartos, é possível recriar paisagens relaxantes. Seja criativo!

Por fim, não é difícil criar um ambiente moderno usando cores fortes. Aposte no equilíbrio, escolha apenas uma cor para se destacar e selecione cuidadosamente os pontos em que ela vai aparecer. Não exagere e respeite a proposta de cada uma. Fuja do óbvio e escolha pontos inusitados para “colorir”. Complete tudo com uma boa iluminação e pronto!

Gostou das dicas? Então siga a nossa página no Facebook e receba diariamente muitas outras ideias e sugestões!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This