Imagem profissional: 5 erros que os arquitetos jamais devem cometer

A imagem profissional de um arquiteto é uma das chaves para o sucesso. É preciso transparecer a mensagem certa para conquistar clientes e fortalecer a relação com parceiros. Ser bem-visto no mercado, eventualmente, leva à valorização.

Contudo, há algumas falhas que impedem a consolidação desses resultados. Errar na imagem que é transmitida pode causar danos à carreira e comprometer o crescimento na profissão. Quer saber o que não fazer? Então, veja 5 erros para não cometer sobre a imagem profissional!

1. Indisposição para trabalhar em equipe

Mesmo que o arquiteto seja o principal responsável por elaborar o projeto a ser executado, o profissional não deve atuar sozinho. É preciso, por exemplo, interagir com fornecedores e com a mão de obra qualificada para concluir as tarefas.

Ao demonstrar incapacidade ou indisposição para trabalhar em equipe, sua imagem fica seriamente comprometida. Para evitar o erro que pode prejudicar a carreira, é necessário ajustar a mentalidade. Considere que, com as pessoas certas, o time poderá oferecer um resultado muito melhor para o cliente.

2. Incapacidade de propor soluções

Um arquiteto não é apenas o profissional com habilidades técnicas e conhecimentos para elaborar um projeto. Acima de tudo, ele é o responsável por deixar os cômodos mais úteis, funcionais e confortáveis. Em muitas situações, isso significa buscar soluções para problemas existentes, como a falta de espaço ou as necessidades específicas de um cliente.

Se um arquiteto não for capaz de trazer sugestões convenientes e viáveis, então, a sua imagem é comprometida. É preciso agir ativamente para oferecer um desempenho melhorado e que atenda às exigências. Dessa maneira, há maior satisfação por parte de quem contrata.

3. Falta de interesse no cliente

Inclusive, essa ausência de soluções está relacionada a outro erro grave e que tem que ser evitado a todo custo: o baixo interesse naquilo que o cliente deseja, precisa ou espera. Afinal, um projeto deve servir, acima de tudo, para atender às expectativas de quem o solicita.

Isso se torna impossível quando o arquiteto não demonstra interesse no que o contratante diz. Não dar ouvidos de verdade para as preferências, dúvidas e necessidades de quem contrata só servirá para prejudicar a mensagem transmitida e tornar o processo mais difícil. Em vez disso, é melhor se mostrar interessado no cliente para desenvolver a solução ideal.

4. Expressão corporal negativa

O corpo fala e as expressões têm que ser observadas para que a imagem profissional não saia prejudicada. Reações corporais negativas, como revirar os olhos, dar um olhar de reprovação ou mesmo cruzar os braços, ajudam a transmitir um baixo nível de profissionalismo.

Para que a carreira na arquitetura não saia prejudicada, é fundamental ficar atento a essas reações. É preciso demonstrar uma postura aberta a novas ideias e que aceite e compreenda o que os outros têm a dizer. Com uma expressão corporal consistente, a carreira é favorecida.

5. Vocabulário inadequado

Um arquiteto pode não cometer nenhum dos erros anteriores e, ainda assim, ter a imagem profissional prejudicada. Isso acontece quando ele utiliza um vocabulário que não condiz com a sua profissão, por exemplo.

Usar palavras de baixo calão ou exagerar nas gírias compromete o que é transmitido ao interlocutor. Falar errado ou apenas utilizar jargões técnicos são outras falhas que prejudicam a comunicação e que fazem com que o profissional não pareça realmente preparado. Para evitar o deslize, o ideal é sempre manter o profissionalismo na fala, sem se esquecer da importância de ter uma linguagem didática e acessível.

A imagem profissional é determinante para o desempenho de um arquiteto e deve ser considerada com cuidado. Ao evitar esses erros, é possível ter um resultado muito mais positivo na carreira.

Quer outras dicas para ter sucesso? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro!

 

GUIA PARA ARQUITETOS: Entenda como atrair e fidelizar mais clientes.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This