materiaisdeacabamentocomoanalisararelacaocustobeneficio

Materiais de acabamento: como analisar a relação custo-benefício?

Alguns detalhes podem fazer seu projeto se destacar e entregar ao cliente ainda mais do que aquilo que ele sonhou para o ambiente. E os materiais de acabamento, certamente, devem ser considerados dentro dessa proposta!

É preciso escolhê-los bem, analisando a relação custo-benefício, de modo que seu projeto seja valorizado. Afinal, o acabamento é a parte mais visível de uma obra.

Se você não quer se preocupar com essa etapa da construção, tenha em mente que a escolha de bons fornecedores é o que garante a satisfação dos seus clientes. Continue a leitura e saiba quais são os principais fatores que devem ser avaliados na hora de escolher os materiais de acabamento dos seus projetos. Confira!

Avalie a qualidade dos produtos dos materiais de acabamento

A qualidade é um fator essencial, seja qual for o produto em questão. Isso pode, ou não, implicar um valor mais alto de preço. Só que, certamente, você já ouviu falar que “o barato pode sair caro”.

A excelência de um acabamento, a durabilidade e um valor acessível podem, sim, ser muito bem combinados. Vale a pena fazer a pesquisa dos produtos escolhidos.

Verifique a reputação da marca no mercado

As marcas que serão escolhidas, obviamente, farão toda a diferença no resultado do seu projeto. Uma marca de boa reputação gera mais confiança e pode trazer vantagens logo de cara, como sua alta qualidade e a alta variedade de opções.

Não somente por prezar pela qualidade, mas também para o caso de manutenção, garantia e suporte, é muito importante escolher uma marca de ótima reputação. Caso contrário, você pode ter muitos problemas futuros com os clientes.

Observe se os produtos escolhidos valorizam o ambiente

Todo o visual do projeto precisa estar em harmonia, por isso, os materiais de acabamentos também devem refletir a personalidade do seu cliente. Tudo que fica visível precisa de boas soluções para que o ambiente seja valorizado como um todo.

A parte da aplicação dos acabamentos é uma das que mais trazem prazer e encantamento para o cliente. Isso é fácil de entender, porque, finalmente, será possível que o ambiente tenha mais a cara de lar. O acabamento pode garantir mais conforto, praticidade e beleza: são fatores que farão a primeira impressão de quem entra no lugar.

Atente para as condições e custos dos materiais

Concentrar-se em bons fornecedores e marcas de confiança também é uma medida importante quando o assunto tem relação com as condições e os custos dos materiais. Deparar-se com preços mais acessíveis não necessariamente significa que haverá um bom custo-benefício. Na verdade, sem avaliar outros aspectos dos materiais, pode haver grandes frustrações. Mas nem por isso você deve escolher os itens que custam mais caro!

As condições de pagamento também devem ser levadas em conta. Afinal, é por meio dessa proposta que o valor do orçamento pode ser parcelado, por exemplo. E, por falar em orçamento, é conveniente fazer um plano de despesas e segui-lo de perto, a fim de que surpresas desagradáveis não aconteçam e você não tenha dinheiro para completar a obra no tempo que desejava. Isso é possível não só com um bom planejamento, mas também ao calcular bem o que comprar, a fim de evitar o desperdício de materiais.

Com os melhores fornecedores e todas essas dicas, ficará mais tranquilo analisar a relação custo-benefício dos materiais de acabamento dos seus projetos.

O que achou das dicas presentes neste post? Se gostou, então, assine a nossa newsletter e não perca nada! Receba outros conteúdos como este diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This