Quais são os softwares de arquitetura que estão em alta no mercado?

3 minutos para ler

Na hora de elaborar um belo projeto arquitetônico, a tecnologia é de grande ajuda. A criação de plantas e a renderização de elementos são apenas algumas etapas favorecidas com o uso de um software de Arquitetura.

O programa permite que os profissionais executem várias tarefas de um jeito prático e com um belo resultado. Então, ficar de olho nos recursos disponíveis é essencial para melhorar o seu trabalho.

A seguir, veja quais são as 5 opções de software de Arquitetura que estão em alta e entenda as suas principais vantagens. Confira!

AutoCAD

É impossível falar no uso de programas de computador para arquitetos sem citar o AutoCAD. Originalmente, ele foi projetado para engenheiros mecânicos, já que permite criar desenhos de peças, perspectivas e outras etapas.

Porém, os arquitetos também se beneficiam de seu uso. Com a escolha dos recursos corretos, é possível dimensionar plantas, montar esquemas construtivos e cuidar da apresentação de escalas. Ainda é fácil cotar as medidas e finalizar o desenho, que pode ser em 2D ou 3D.

SketchUp

Voltado para a modelagem 3D, é um dos mais poderosos para quem deseja obter um resultado próximo à realidade. Ele permite construir fachadas repletas de detalhes, projetos urbanísticos ou de interiores.

A interface é bem amigável e há uma vasta coleção de objetos. Ao utilizar renderizadores específicos, como o V-RAY, você consegue um resultado com realismo impressionante.

Além da indicação 3D, é viável criar um documento completo, com informações construtivas, especificações de materiais e até medidas.

Revit

Da mesma desenvolvedora do AutoCAD, o Revit é um software de Arquitetura que se baseia na chamada tecnologia BIM. Seu grande diferencial é a interligação entre os vários elementos. Uma alteração na projeção 3D modifica a planta em tempo real e o mesmo acontece com as mudanças nas vistas.

A união entre as várias dimensões faz com que o projeto se torne mais completo, além de poder ser colaborativo. Fácil de ser manipulado, oferece um resultado robusto.

MicroStation

Muito utilizado também na engenharia, é ideal para quem elabora projetos de infraestrutura. As propostas de urbanização, por exemplo, funcionam bem com esse software. O mesmo vale para a projeção de edifícios e outras instalações prediais.

Apesar de oferecer um resultado complexo, ele não é tão difícil de usar. Conta com uma abordagem 3D e utiliza a tecnologia BIM. Um dos seus diferenciais é a ferramenta de modelagem, que permite chegar à quase qualquer forma geométrica.

Rhinoceros

Os profissionais mais ousados se dão muito bem com o Rhinoceros. O seu grande destaque é a capacidade de modelar formas complexas, como elementos sinuosos ou ultramodernos nas fachadas.

É um software de Arquitetura com muitos recursos 3D e que traz inúmeras possibilidades. Ele se torna ainda melhor com o uso de plugins, que servem tanto para a renderização quanto para a adição de recursos BIM. A visualização do projeto é facilitada, assim como a geração das suas informações.

Escolher um bom software de arquitetura é muito importante para se destacar no mercado. Com as opções certas, você criará projetos que chamam a atenção e, principalmente, que atingem os seus objetivos principais.

Gostou dessas sugestões? Compartilhe o post nas suas redes sociais e ajude seus contatos a ficarem por dentro das possibilidades!

 

MANUAL COMPLETO DE CORTINAS E PERSIANAS: ENTENDA MAIS SOBRE O ASSUNTO!

 

 

GUIA PARA ARQUITETOS: Entenda como atrair e fidelizar mais clientes.Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta