Restauração de móveis: como fazer?

7 minutos para ler

Você já olhou a sua casa e se perguntou o que poderia ser mudado? Será que já está na hora de renovar tudo e comprar móveis novos ou fazer somente uma pequena mudança em uma determinada área? A restauração de móveis, sem dúvida é uma alternativa nesses momentos em que a vontade de mudar tudo aparece!

Isso porque os móveis são uma parte essencial nesse quesito e existem várias possibilidades de realizar alguma mudança: é possível trocá-los por completo ou somente uma parte e até mesmo uma pintura pode dar uma cara completamente nova aos ambientes!

Se você pensa em inovar sem gastar muito com a compra de móveis, a restauração pode ser uma alternativa com excelente custo-benefício e resultados surpreendentes.

Ficou curioso? Quer saber como fazer restauração de móveis? Então, continue a leitura do artigo e descubra se é hora de apostar nessa ideia!

Planeje bem a restauração de móveis

Antes de colocar essa ideia em prática, é muito importante fazer um planejamento detalhado do trabalho que pretende realizar. Por esse motivo, listamos algumas etapas importantes que devem ser consideradas nessa fase.

Avalie o estado do móvel

O primeiro passo é olhar o estado dos móveis e analisar a estrutura de cada um. Se ela estiver muito comprometida, talvez não seja viável uma reforma.

É importante que eles tenham uma decoração coesa, mesmo depois da restauração. Dessa maneira é possível conseguir um padrão para a casa toda ou variar em cada ambiente.

Tenha móveis substitutos

Caso você queira restaurar móveis que são usados com muita frequência, é importante que essa mobília possa ser substituída, ainda que temporariamente. Afinal, ficar sem uma estante, um sofá, cadeiras ou qualquer outro móvel que você usa muito na rotina da sua casa não vai ser nada legal, não é?

Invista em pesquisas

Antes de iniciar a restauração de móveis é fundamental fazer uma pesquisa para buscar inspirações e ideias a fim de que o móvel restaurado acompanhe as tendências e propostas de decoração que estão fazendo sucesso no momento.

Nessa sentido também é interessante buscar saber quais são as tendências de cores em 2020 para eleger tons atuais para pintar o móvel e conseguir uma decoração com toques contemporâneos.

Compre os materiais necessários

Depois de realizada a pesquisa de viabilidade para a restauração de móveis é hora de listar e comprar os materiais necessários para implementar essa ideia.

Escolha um local adequado

Após seguir todas as nossas sugestões de planejamento, convém definir o local onde o novo móvel vai ficar na casa. É justamente nesse momento, que também deve ser feita uma avaliação para determinar se outros ajustes de decoração precisarão ser feitos no ambiente a fim de que tudo fique bonito e harmônico.

Coloque as mãos na massa

Com o planejamento da restauração feito, é hora de colocar as mãos na massa! Veja algumas dicas para realizar o processo.

Aposte no estilo vintage

Móveis podem contar uma história, definir uma época, trazer lembranças. Por isso, não é raro nos apegarmos emocionalmente a uma cadeira que foi de uma avó ou a um armário que guardava a coleção de livros do pai.

Como geralmente são móveis mais velhos, talvez a estrutura esteja danificada mas, ainda assim, não queremos nos desfazer deles. Nesse caso, uma boa opção é uma restauração completa, dando uma aparência vintage ao ambiente.

Lembre-se de que reparos na estrutura poderão ser necessários, tornando a restauração mais cara. Eles podem voltar a ter a tonalidade original, e técnicas de raspagem e tintas envelhecidas podem ser aplicadas.

Outra ideia interessante é olhar fotos para ver qual era a aparência dos móveis antigamente e tentar reproduzir esse estilo na restauração. Mas atenção: é importante observar se esse novo estilo combinará com o resto da decoração da casa!

Conte com ajuda profissional

Como você modificará uma parte fundamental de sua decoração e os móveis podem ter um alto valor sentimental ou financeiro, conte sempre com um profissional especializado para realizar a sua restauração de móveis.

Esse serviço pode abranger desde pequenos reparos, uma nova pintura ou até mudanças mais profundas na estrutura. A restauração pode ainda envolver várias técnicas diferentes, podendo durar meses de trabalho. Portanto, busque referências sobre o profissional que fará o serviço, pois o que pode custar menos no início talvez traga grandes prejuízos no futuro.

Invista na conservação dos móveis

Uma vez que a restauração de móveis tenha sido realizada é vital adotar medidas frequentes para a conservação da mobília com o objetivo de aumentar a durabilidade dos processos aplicados.

Como sugestão para conservar o móvel intacto elencamos 2 providências básicas.

Remover os acessórios

Móveis antigos costumam ter puxadores, pés e outros acessórios removíveis. Eles, normalmente, tem acabamentos em ferro ou algum tipo de metal. Se esse for o caso, pode ser que estejam enferrujados ou desgastados.

Para conservá-los no mesmo padrão do móvel restaurado, é indicado que se faça a remoção para uma limpeza adequada desses acessórios.

Limpeza da mobília

As partes internas da mobília também merecem receber uma limpeza minuciosa. Além disso, é fundamental analisar o estado em que se encontram para que não venham a desenvolver infestações de cupim ou de outros insetos, por exemplo.

Em móveis de madeira, faça a limpeza com uma flanela úmida com algum produto específico para esse material. Para móveis laqueados, um pano úmido com sabão neutro já é o suficiente.

Tenha peças exclusivas

Outra vantagem de fazer uma restauração de móveis é que você conseguirá ter uma decoração única na sua casa. Por mais que existam diversas possibilidades de materiais e cores, a utilização de móveis restaurados garante um estilo único em sua casa.

Com o crescimento da procura por restauração de móveis, muitos profissionais e materiais estão disponíveis no mercado para esse segmento. Por isso, analise com cuidado antes de contratar esse serviço.

Se você pensar em desanimar com esse processo, lembre-se sempre que o resultado poderá ser exclusivo e trazer uma cara completamente nova à sua decoração.

Uma ideia para potencializar a originalidade do seu móvel é trocar os puxadores antigos por peças mais novas e modernas. Esse simples detalhe pode garantir uma peça com mais estilo e personalidade para os seus ambientes, combinando o clássico com o moderno!

Na revitalização também é possível forrar parte dos móveis com tecido adesivo ou papel contact. Uma simples mudança adicionando cor ou estampas pode garantir mais romantismo para peças muito danificadas.

Na prática, muitas são as possibilidades na hora de fazer restauração de móveis. Por essa razão, o planejamento, assim como as demais decisões que serão tomadas acerca desse procedimento, são etapas que devem ser feitas com cuidado para garantir o resultado esperado na reforma da mobília.

Agora que você já sabe tudo sobre como fazer restauração de móveis para inovar na decoração da sua casa, assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!

[eBook] DECORANDO A CASA NOVAPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta

Open chat
Powered by