Custo de projeto de arquitetura: como otimizar e reduzir valores?

3 minutos para ler

Dúvidas a respeito do quanto cobrar e como orçar projetos de modo coerente atingem pessoas dos mais diversos setores. Essa é uma questão séria, pois cálculos inadequados podem prejudicar seu próprio negócio. Aqui falaremos a respeito de como lidar com o custo de projeto de arquitetura, otimizando valores e evitando prejuízos.

Há diversas atitudes que podem ser tomadas para que o arquiteto estabeleça melhor os custos de um projeto. Para evitar que o prejuízo chegue e os lucros caiam, o melhor é se antecipar e precaver-se. Ao mesmo tempo, não se pode deixar que o serviço seja desvalorizado no mercado. Confira dicas para a boa precificação e otimização de seu projeto!

Selecione os materiais que vai utilizar de forma consciente

Uma atitude de grande importância para orçar projetos arquitetônicos diz respeito à escolha de materiais. Deve-se avaliar, por exemplo, a qualidade e o rendimento, pois a relação entre esses dois fatores ajuda na definição de qual é a opção mais econômica.

Pensando nisso, é essencial que a escolha não se baseie somente nos preços. Materiais de baixo custo podem soar atraentes, mas nem sempre atingirão o que se espera.

Escolhas erradas de materiais podem levar ao retrabalho, o que implica em mais gasto, é claro. Para acertar, verifique quais as especificidades de cada material, levando em conta detalhes como composição e instalação.

Avalie o custo-benefício de cada item

Para otimizar a administração de custo e orçar o projeto de forma mais interessante, pode ser necessária a substituição de alguns itens.

De repente, em vez de demolir paredes você pode considerar um design diferente. Ou, no caso dos revestimentos, utilizar material que imite madeira em vez da peça bruta nos pisos. Mas antes de optar por alterações desse tipo, lembre-se de que preços não são os únicos pontos que importam!

Analise bem como cada solução se relaciona com as demais para chegar a um projeto de arquitetura com valores reduzidos sem correr o risco de perder a qualidade.

Evite desperdícios e reduza os custos do projeto

Planejando-se bem, é possível aliar limitações do orçamento com resultados almejados. Uma boa maneira de otimizar os valores de um projeto é tendo em vista os possíveis desperdícios, pois eles impactam diretamente no caixa.

Considere a logística e outros fatores que alteram o desempenho da obra, como possíveis danos a materiais e descartes que poderiam ser evitados por meio da reutilização de objetos. Assim, dá para fazer economia sem comprometer a qualidade.

Busque sempre parcerias eficientes com fornecedores

Nunca abra mão de negociar com seus fornecedores, uma boa parceria facilita a possibilidade de se conseguir descontos atrativos sem comprometer o resultado final.

Busque empresas em que você confia, que apresentem soluções diversas e que garantam suas entregas. Através de tais parcerias você pode conseguir atender a diferentes tipos de projetos, otimizando orçamentos e garantindo a satisfação de seus clientes.

Essas são as formas mais eficientes para a otimização do custo de projeto de arquitetura. A partir delas, você certamente dará muitos passos na direção do orçamento ideal.

Gostou de saber mais a respeito de orçamentos para projetos de arquitetura? Assine a nossa newsletter e não perca a oportunidade de aprender mais sobre temas relacionados!

GUIA PARA ARQUITETOS: Entenda como atrair e fidelizar mais clientes.Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta